Tesouro Direto Santander Corretora

Tesouro Direto Descomplicado

Quem possui conta corrente no banco pode participar do Tesouro Direto Santander Corretora, que é uma das formas mais certas de obter lucros, fugir da inflação e obter rendimento superior a poupança.

Mas, antes de investir no Tesouro Direto através do banco, é necessário obter várias informações.

Aqui nesse artigo darei algumas importantes informações sobre como funciona esse investimento no Banco Santander.

Além disso, darei algumas informações rápidas sobre o investimento em títulos públicos.

Vamos ao artigo!

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<Tesouro Direto Santander Corretora Investir compra venda

Tesouro Direto Santander Corretora

O Tesouro Direto Santander Corretora pode ser uma excelente opção para quem quer investir em títulos públicos do Governo Federal.

Mas, antes de investir, deve-se se informar melhor sobre como funciona a compra e venda através do banco.

Esse é o motivo desse texto, passar várias informações para lhe ajudar a escolher o melhor para você!

Sobre o Tesouro Direto

Desenvolvido pelo Tesouro Nacional em conjunto com a Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), o Tesouro Direto é o principal canal de compra e venda de títulos públicos via internet.

O valor mínimo para investir é R$ 30,00, respeitando a quantidade mínima de 0,01 títulos(1% de um título).

O valor mensal máximo de investimento é de R$ 1.000.000,00.

Como investir no Tesouro Direto Santander Corretora

Bom, agora é a hora que saberá como se faz o investimento em títulos públicos através do Santander.

Veja abaixo o passo a passo:

  1. Realize seu cadastro via Internet Banking;
  2. Selecione a opção Tesouro Direto;
  3. A senha provisória será enviada para seu e-mail cadastrado;
  4. Acesse o site: www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto;
  5. Já é investidor? Acesse aqui;
  6. Invista já! > Investidor Cadastrado;

Após fazer o cadastro na corretora e selecionar a opção “Tesouro Direto” eles lhe enviarão instruções de como proceder para investir.

Compra

O mercado permanece aberto para compras entre as 9h de um dia às 5 horas do dia seguinte.

O débito é feito automaticamente em conta corrente, no dia útil seguinte a operação de compra (D+1).

Os títulos comprados ficam disponíveis para visualização no extrato após dois dias úteis da data da compra (D+2).

Não é possível cancelar uma compra via Tesouro Direto.

É importante sempre confirmar se a compra foi realizada via Protocolo de Compra, no próprio site do Tesouro Direto.

Venda

O Tesouro Nacional garante a recompra dos títulos diariamente das 18h às 5h.

O crédito é feito automaticamente em conta corrente, no dia útil seguinte a operação de venda (D+1).

É importante sempre confirmar se a venda foi realizada via Protocolo de Venda, no próprio site oficial do Tesouro Direto.

Custo do Tesouro Direto no Santander

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<

1. A taxa cobrada pela Santander Corretora no ato da compra é de 0,40%, válida por um ano.

  • Se o título adquirido tiver prazo de vencimento inferior a um ano, a taxa do Agente de custódia será proporcional ao prazo de vencimento do título.
  • Caso o investidor venda seu título antes do período de um ano, a taxa não será devolvida.
  • A taxa relativa ao demais anos será proporcional ao período que mantém o título, e será cobrada no primeiro dia útil de janeiro e julho, ou em eventuais eventos de custódia (pagamento de juros e na venda da posição)

2. A taxa de custódia cobrada pela Bolsa é de 0,30%

  • Provisionada diariamente a partir da liquidação da operação de compra (D+2);
  • Cobrança semestral, no primeiro dia útil de janeiro e julho; ou
  • No pagamento de juros; ou
  • Na venda, ou no encerramento da posição do Investidor, o que ocorrer primeiro¹.

¹ Se a taxa for menor do que R$ 10,00, o valor será acumulado para a próxima cobrança, segundo as formas acima.

Tributação do Tesouro Direto

Nesse caso, possui dois impostos:

Imposto de Renda: A responsabilidade do recolhimento do IR é da Santander Corretora.

E será calculado nas seguintes situações:

  • Venda de títulos;
  • Vencimento de títulos;
  • Recebimento Semestral de juros do título.

As alíquotas obedecem as regras da tabela abaixo:

Imposto de Renda sobre Tesouro Direto Alíquotas

Vídeo revela Como Investir no Tesouro Direto e Ter Mais Sucesso Nesse Investimento:Tesouro Direto Descomplicado Conversão master

IOF: A responsabilidade de recebimento é da Santander Corretora.

Só é recolhido se a compra e venda de um título ocorrer com menos de 30 dias entre as duas transações.

As alíquotas seguem a tabela abaixo:

IOF Tesouro Direto Tabela Diária

Fatores de risco

  • Patrimônio Garantido: Apenas no Vencimento do título.
  • Classificação de Risco: Baixo.
  • Desempenho Esperado: Depende do tipo de título, mas pode-se esperar alta correlação com o indexador do título.

Os títulos adquiridos no Tesouro Direto ficam registrados no nome e CPF do investidor, sempre sob responsabilidade da Santander Corretora.

Caso seja decretada a falência, a liquidação extrajudicial ou a concordata da Corretora, os títulos registrados no nome e CPF do investidor junto a Santander Corretora permanecem na propriedade do investidor, não sendo tais títulos destinados ao pagamento de credores da massa falida.

O investidor pode contratar outra Corretora para a administração de seus títulos.

Ou seja, o investimento no Tesouro Nacional é seguro e confiável, sendo uma das melhores opções para aplicar seu dinheiro.

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<

Outras opções para realizar o investimento

Existem várias outras opções para investir em títulos públicos.

Existem corretoras com taxa zero, como a Easynvest, corretoras de demais bancos, como o Itaú, Banco do Brasil, Caixa e Bradesco, e, ainda, corretoras com variados aspectos diferentes de confiança e funcionalidades.

Veja a lista das corretoras com suas taxas cobradas nesse investimento.

Existem várias outras opções, sugiro que analise todas e ache aquela que melhor se enquadre às suas necessidades.

Títulos para investir

Existem, basicamente, 5 tipos de títulos públicos para que se possa fazer o investimento.

Para saber qual título comprar deve-se analisar a necessidade e investir naquele que lhe trará maiores lucros.

Nem sempre isso é fácil, mas estudando conseguirá.

Abaixo os títulos que existem para investir:

Tesouro Selic: Tesouro com rendimento vinculado à taxa Selic, rendendo o mesmo que a referida taxa em um período de tempo estabelecido. Os rendimentos são pagos na venda antecipada ou no vencimento do mesmo.

Tesouro Prefixado LTN: É um tipo de título público que possui, como o nome já diz, o rendimento prefixado. Sendo assim o investidor consegue saber a rentabilidade do investimento no momento da aplicação. Os rendimentos são pagos na venda antecipada ou no vencimento do mesmo.

Tesouro Prefixado com Juros Semestrais NTN – F: Como no item anterior, o rendimento desse tipo também é prefixado. O que muda para o anterior é que esse distribui parte do rendimento ao longo do período que o valor fica investido.  Os rendimentos são pagos na venda antecipada ou no vencimento do mesmo e semestralmente na forma de cupons de juros.

Tesouro IPCA+ NTN – B Principal: É a modalidade vinculada ao IPCA, ou seja, vinculada à taxa de inflação oficial do Governo. No caso desse título o investidor recebe uma porcentagem definida pelo governo somada à taxa de inflação. Os rendimentos são pagos na venda antecipada ou no vencimento do mesmo

Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais NTN – B: Tal como o acima, esse tipo de investimento possui rentabilidade vinculada à inflação, porém, nesse caso, há a distribuição de parte do rendimento ao longo do período que o valor fica investido. Os rendimentos são pagos na venda antecipada ou no vencimento do mesmo e semestralmente através dos cupons de juros.

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<

Conclusão sobre Tesouro Direto Santander Corretora

Tesouro Direto Santander Corretora é uma das melhores opções para realizar aplicações em títulos públicos pois é através de um banco que tem confiança do mercado e das pessoas, com nome renomado.

Claro que existem muitos outros agentes de custódia para realizar esse tipo de aplicação, mas essa é uma excelente opção.

Mas, como tudo nessa vida, é preciso conhecer mais do que se está fazendo.

Pra saber tudo sobre o investimento sugiro que faça o Curso Tesouro Direto Complicado.

Acesse >>> www.tesourodiretodescomplicado.com.br <<< E saiba mais sobre o Tesouro Direto Santander Corretora.

Tesouro Direto Descomplicado

Deixe uma resposta