Tesouro Direto Pós-Fixado → Veja o que é e como funciona

Tesouro Direto Descomplicado

O Tesouro Direto Pós-Fixado é aquele em que só é possível saber a rentabilidade real após o final do investimento pois a mesma é vinculada a alguns índices do Governo e isso afeta os títulos públicos.

Existem três tipos de títulos públicos onde se pode aplicar:

  1. Tesouro Selic;
  2. Tesouro IPCA+;
  3. Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais.

Cada um deles tem características próprias que serão vistas resumidamente mais abaixo, sendo que estão sujeitos às mesmas taxas e tributações dos títulos prefixados.

Vamos ao artigo!Tesouro Direto Pós-Fixado Selic IPCA

Tesouro Direto Pós-Fixado

Diz respeito aos títulos públicos que possuem rentabilidade vinculada a algum índice.

Se o índice no qual o mesmo se espelha variar isso causará efeito nos lucros.

Caso deseje saber no momento do investimento qual a rentabilidade que seu título terá poderá investir nos dois modelos prefixados: Prefixado e Prefixado com Juros Semestrais. (Basta clicar no nome em azul para saber mais sobre cada um deles)

Mas, aqui, vamos dar mais detalhes apenas sobre os vinculados aos índices.

Vamos lá!

Tesouro Selic


Essa modalidade de investimento retorna ao investidor rendimento igual à taxa Selic.

Ano passado a mesma fechou em 14,25% enquanto a poupança rendeu 8,30%.

Então é melhor investir nesse tipo de título ou deixar o dinheiro na poupança? Essa é uma pergunta retórica.

Vídeo revela Como Investir no Tesouro Direto e Ter Mais Sucesso Nesse Investimento:Tesouro Direto Descomplicado Conversão master

Além disso, esse é a melhor opção para aqueles que não planejam ficar com o título até o seu vencimento pois ele possui correção diária do valor, sendo que essa correção é quase que fixa.

O valor investido é pago no vencimento ou venda do título, acrescido do rendimento obtido no período em que ficou com a aplicação.

Tesouro IPCA+ NTN – B Principal


Essa é a modalidade de título vinculado à inflação, ou seja, é medido o rendimento que o mesmo terá pelo IPCA.

Ele possui uma taxa fixa de rendimento e à essa é somada a taxa de inflação do período que foi investido, essa taxa fixa varia um pouco de acordo com o mercado e sabe-se a mesma no momento do investimento.

Esse tipo de investimento possui proteção contra altos períodos de aumento de preço e de desvalorização cambial.

Em tempos de alta inflação esse pode ser o investimento certo.

O valor investido é pago no vencimento ou venda do título, acrescido do rendimento obtido no período em que ficou com a aplicação.

Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais NTN – B

Tal como o acima, esse tipo de investimento possui rentabilidade vinculada à inflação.

Porém, nesse caso, há a distribuição de parte do rendimento ao longo do período que o valor fica investido.

Nesse caso o valor investido é pago no vencimento ou venda do título, acrescido do rendimento obtido no período em que ficou com a aplicação e, além disso, são pagos cupons de juros semestralmente que retornam ao investidor parte do lucro do período.

Ou seja, o valor de resgate em caso de venda ou vencimento é menor pois já pegou parte dos lucros ao longo do tempo.

Conclusão sobre o Tesouro Direto Pós-Fixado

Essa modalidade é ideal para aqueles que desejam ter bons ganhos ou fugir da inflação.

Existem vários títulos para compra com data de vencimento diferente, bastando escolher o melhor e investir.

O ideal é analisar aquele que tem a maior projeção de rentabilidade para o período que se deseja investir para aplicar naquele que trará maiores lucros para seu investimento.

Caso deseje saber mais sobre esse tipo de investimento faça o Curso Tesouro Direto Descomplicado.

Acesse >>> www.tesourodiretodescomplicado.com.br <<< E saiba mais sobre o Tesouro Direto Pós-Fixado.

Tesouro Direto Descomplicado

2 Comentários para "Tesouro Direto Pós-Fixado → Veja o que é e como funciona"

  1. Eu emprestei do meu pai 10.000 para pagar depois de 2anos agora comecei pagar 1.000 reais por mês quantos eu tenho que pagar de juro deste dinheiro que eu emprestei do meu pai eu fiquei dois a sem pagar agora eu comecei a pagar

    • Bom dia, Antônio!

      Não tem como estimar isso, é uma questão para resolver entre você e seu pai. Pergunte a ele quanto deve pagar de juros, se fosse pegar esse valor em um banco pagaria mais que o dobro, então pense bem.

      Abraços!

Deixe uma resposta