Melhor Corretora para Tesouro Direto: Como escolher a melhor

Tesouro Direto Descomplicado

Escolher a melhor corretora para Tesouro Direto não é tarefa fácil pois existem muitas opções e isso pode nos confundir.

Existem vários fatores que podem influenciar um investidor a escolher uma ou outra, devendo o mesmo fazer uma análise prévia individual para verificar se aquela corretora que deseja utilizar satisfaz suas necessidades.

E, como já deve ter visto, para investir no Tesouro Direto e efetuar a compra e venda de títulos públicos é necessário utilizar um intermediário, e é ai que entram os agentes de custódia.

O agente de custódia pode ser a corretora vinculada ao seu banco ou uma corretora que atua de forma independente.

Essas corretoras geralmente atuam com as outras de modalidades de investimento na Bolsa de Valores, não se limitando a esse investimento.

Aqui vou dizer como escolher a melhor corretora para investir no Tesouro Direto e dar a lista das mais usadas em janeiro/2017 com dados obtidos a partir do próprio site do Governo Federal.Melhor Corretora para investir no Tesouro Direto

Melhor Corretora para Tesouro Direto: Como escolher

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<

Existem vários fatores que devem ser levados em consideração na hora de escolher a melhor corretora para realizar os seus investimentos.

Quem deve julgar qual é a melhor é quem deseja investir pois cada um pode achar uma ou outra mais atrativa.

Abaixo vou falar um pouco em tópicos sobre como escolher a melhor opção para investir:

Taxa administrativa baixa

Ter uma taxa administrativa baixa significa que a corretora morderá uma fatia menor do seu dinheiro para poder administrar seus títulos públicos.

Essa taxa é cobrada anualmente e pode ter um grande impacto se for muito alta.

Ou seja, quanto menor a taxa maior a rentabilidade que conseguirá em seu investimento.

Se investir R$ 10.000,00, por exemplo, e tiver duas corretoras sendo que:

Uma cobra taxa de 0,40% a.a. e a outra 0,10% a.a.,

Qual o impacto disso sobre o investimento?

Bom, na que cobra 0,40% se pagará R$ 40,00 anualmente e na que cobra 0,10% se pagará R$ 10,00 anuais.

Parece pouco, mas se manter o investimento por 5 anos pagará aproximadamente R$ 200,00 na que cobra taxa maior e R$ R$ 50,00 na que cobra taxa menor.

R$ 150,00 de diferença.

Se parar pra pensar já é um bom dinheiro e come uma boa parte da rentabilidade quando se paga uma taxa de custódia mais alta.

Veja as taxas cobradas por corretora >> www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto-instituicoes-financeiras-habilitadas

Comodidade da corretora

Outra coisa que deve-se levar em consideração é a comodidade.

Se utilizar a corretora do próprio banco no qual possui conta corrente como no Itaú, Caixa ou Banco do Brasil as transações tornam-se mais simplificadas porque está trabalhando apenas com uma instituição financeira.

Caso deseje utilizar um agente de custódia independente sofrerá um pouco mais pois terá que transferir o dinheiro em alguns casos e isso causará trabalho extra.

Portanto deve-se ter em mente que a comodidade é algo que deve ser levado em consideração.

Canais de atendimento

Muitos agentes de custódia possuem certa deficiência no atendimento ao cliente.

Procure ver os canais de atendimento(Chat, e-mail, telefone, presencial) que a empresa possui e se o mesmo é feito por robô ou por humanos.

Faça testes para ver se o atendimento é eficiente e rápido ou demorado.

Teste antes de investir tirando dúvidas e veja se os atendentes são realmente qualificados para atender suas necessidades e se entendem do investimento que deseja fazer.

Confiabilidade da corretora

Investigue a corretora antes de iniciar uma aplicação.

Existem várias informações sobre as mesmas pela internet, sobre como funcionam os processos e como fazer para realizar investimentos através de cada uma delas.

Use sites como o Reclame Aqui para pesquisar os antecedentes da empresa na qual deseja realizar os investimentos segundo reclamações de consumidores reais, leia as reclamações sobre as que pretende escolher.

Prefira corretoras mais famosas pois as mesmas possuem mais experiência e, consequentemente, podem dar um melhor suporte ao investidor.

Qualidade do site e formas de investimento

Analise a qualidade do site da corretora, boas corretoras se preocupam com a qualidade do mesmo.

Analise as formas nas quais se pode fazer os investimentos, algumas permitem fazer investimento programado, investir pessoalmente, por telefone e tem-se de saber escolher aquela que apresenta as melhores formas para realizar compras e vendas dos títulos públicos para você.

Central de aprendizado

Veja se a corretora explica passo a passo os processos e se tira dúvidas do seu investidor.

Existem muitas deles que possuem vídeo aulas explicando mais sobre o investimento e sobre como fazer o mesmo através do agente de custódia, um belo exemplo disso é o Itaú.

Veja, também, se a empresa possui um tira-dúvida com as perguntas mais acessadas.

Agente integrado

Corretoras que são agentes integrados fornecem a facilidade de poder investir no Tesouro Direto através do próprio site da corretora.

Se não oferecer essa facilidade poderá fazer os investimentos somente através do site da BM&FBovespa, sendo que esse é o link exclusivo para investidores em títulos públicos.

Veja na lista se possui agente integrado >> www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto-instituicoes-financeiras-habilitadas

Principais instituições utilizadas para investirRanking Intituições Financeiras Corretoras Tesouro Direto

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<

O Governo divulga no site do Tesouro Direto uma lista com as corretoras mais utilizadas para investir em títulos públicos.

Isso nos dá um parâmetro e pode nos ajudar a escolher aquelas mais procuradas que, provavelmente, inclui a melhor corretora pois, se muitas pessoas as utilizam, devem oferecer algo a mais.

Para ter acesso à lista mais atual acesse tesouro.fazenda.gov.br/tesouro-direto-instituicoes-financeiras-habilitadas e clique em “Ranking das Instituições Financeiras“, conforme pode ver na imagem abaixo:

Ranking das Instituições Financeiras

Segundo o Ranking de Janeiro/2017, as 10 corretoras com maior número de transações no Tesouro Direto são:

1 – Easynvest – Título Corretora de Valores S/A – Agente Integrado

Homepage: www.easynvest.com.br

Contato: easynvest@easynvest.com.br

Endereço: Av. Dr. Cardoso de Melo, 1608 – 14ºandar CEP 04548-005

Telefone: (11) 3841-4515

Fax: (11) 3841-4516

2 – Rico CTVM S.A

Homepage: www.rico.com.vc

Contato: atendimento@rico.com.vc

Endereços: Rua Joaquim Floriano, 960 – 5º andar – São Paulo/SP

Telefones: (11) 2505-1900

3 – XP Investimentos Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários S.A

Homepage: www.xpi.com.br

Contato: atendimento@xpi.com.br

Endereço: Avenida da Américas, nº 3434 – Bloco 7 – 2º andar – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – CEP 22631-003.

Telefone: 4003-3710 (Capitais e regiões metropolitanas) 0800-880-3710 (Demais localidades)

Atendimento disponível em dias úteis das 9 às 18 horas.

Vídeo revela Como Investir no Tesouro Direto e Ter Mais Sucesso Nesse Investimento:Tesouro Direto Descomplicado Conversão master

4 – Itaú Corretora de Valores S/A – Agente Integrado

Homepage: www.itaucorretora.com.br

Contato: investshop@unibanco.com.br

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, nº 3400, 10º andar – Itaim – São Paulo/SP – CEP: 04538-132

Telefone: Capitais e regiões metropolitanas: 4004.3005(*)

Telefone demais localidades: 0800 726 3005

(*) Custo de ligação local

5 – BB – Banco de Investimento S/A – Agente Integrado

Homepage: www.bb.com.br

Contato: 0800 729 0722

Endereço: Rua Senador Dantas, nº 105, 36° andar – Centro–Rio de Janeiro (RJ) – CEP 20031-080

Telefone: 4004-0001 – Capitais de Regiões Metropolitanas

0800-7290722 – Demais Localidades

0800-7290088 – Deficientes auditivos e/ou de fala

6 – Caixa Econômica Federal

Homepage: www.caixa.gov.br

Contato: gepte10@caixa.gov.br

Endereço : Av. Paulista, 2300 – 12º andar – Cerqueira César – CEP: 01310-300

Telefone : 3004-1105 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 726 0505 (Demais regiões) – opção 5

7 – Bradesco S.A corretora de Títulos e Valores Mobiliários – Agente Integrado

Homepage: www.bradescocorretora.com.br

Contato: 5900.ctvm@bradesco.com.br

Endereço: Av. Paulista, 1450 – 7º andar – Bela Vista – São Paulo/SP – Cep: 01310-917

Telefone : (11) 2178-5757

8 – Clear Corretora de Títulos e Valores Mobiliários LTDA

Homepage: www.clear.com.br

Contato: atendimento@clear.com.br

Endereço: Rua Joaquim Floriano, 413 – 19º andar

Telefone: (11) 3957-9000

9 – Santander SA Corretora de Câmbio e Títulos

Homepage: www.santandercorretora.com.br

Contato : santander.acoes@santander.com.br

Endereço : Av. Jucelino Kubitschek, 2041/2235 – 24º andar – São Paulo – SP

Telefones : São Paulo (11) 3553-4279 / Rio de Janeiro (21) 3460-7379 / Demais localidades 0800-723-5008

10 – Ágora CTVM S/A – Agente Integrado

Homepage: www.agorainvest.com.br

Contato: contato@agorainvest.com.br

Endereço: Praia de Botafogo, 300/6º andar – Rio de Janeiro – RJ – Cep: 22250-040

Telefone: Região Metropolitana do RJ e de SP : 4004-8282

Demais localidades: 0800 724 8282

Cobranças de taxas e impostosImpostos taxas custodia Tesouro Direto

 

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<

Cabe ao agente de custódia descontar todas as taxas e impostos de forma automática sobre o investimento no Tesouro Direto.

A escolha da melhor corretora para Tesouro Direto deve levar em consideração os vários fatores descritos acima.

Mas como funcionam as cobranças das taxas e dos impostos?

Existem duas taxas e dois impostos que podem incidir sobre os investimentos.

Veja abaixo nos respectivos tópicos o que são e como funciona cada um deles:

Taxa de Custódia da Corretora

Essa é a taxa livremente pactuada entre o agente de custódia e o investidor, podendo ser não ser cobrada em algumas corretoras, a lista das taxas cobradas pode ser vista no site oficial.

Ela é cobrada logo no início do investimento e nas datas estipuladas pela corretora, sendo cobrada automaticamente.

É uma taxa anual.

Taxa para o primeiro ano de aplicação (para taxas anuais): Cobrada quando da compra dos títulos, sobre o valor da transação (preço unitário dos títulos vezes a quantidade adquirida), para o primeiro ano de aplicação, que finda em D+2+365 dias (onde D é o dia da compra). Caso o investidor venda o título antes de completar um ano de sua aquisição, essa taxa não é devolvida. Caso o título adquirido tenha prazo de vencimento inferior a um ano, a taxa cobrada no momento da compra é proporcional ao prazo do papel.

Taxa para demais anos de aplicação (para taxas anuais): Depois do primeiro ano de aplicação (D+2+365), as taxas passam a ser acumuladas diariamente e, por isso, são proporcionais ao período em que o investidor mantiver os títulos em carteira.

Ela incide sobre o valor dos títulos, então quanto maior o valor investido, maior será o valor que a corretora recolherá anualmente se cobrar essa taxa.

Veja no site oficial.

Taxas cobradas pela BM&FBOVESPA

Essa taxa é fixa de 0,30% ao ano e também é cobrada automaticamente pela corretora.

A mesma é obrigatória, não podendo se esquivar da mesma independente do agente de custódia escolhida.

Ela incide sobre o valor dos títulos, referente aos serviços de guarda dos títulos e às informações e movimentações dos saldos.

É calculada diariamente, para que o investidor pague somente referente aquele período que manteve o investimento e e é cobrada até o saldo de R$1.500.000,00 por conta de custódia.

Veja no site oficial.

Imposto sobre Operações Financeiras (IOF)

É cobrado IOF com alíquotas regressivas durante os 30 primeiros dias do investimento, isso caso forem resgatados rendimentos nesse período.

Após 30 dias não é cobrado mais IOF sobre o resgate dos rendimentos sobre o investimento.

É cobrado automaticamente pela corretora.

Veja no site oficial.

Imposto de Renda

O Imposto de Renda Sobre Tesouro Direto, tal como o IOF, possui alíquotas regressivas porém não chega ao ponto de não necessitar pagar a mesma.

O Imposto de Renda, nesse caso, é retido na fonte pela corretora e é obrigatório fazer a declaração se estiver dentro de um dos critérios de obrigatoriedade da Receita Federal.

Como já dito o mesmo é regressivo e começa a contar a partir da data de investimento, podendo ser vistas as alíquotas na imagem abaixo:Imposto de Renda sobre Tesouro Direto Alíquotas

As alíquotas incidem sobre os rendimentos, ou seja, sobre os lucros obtidos com seu investimento em títulos públicos.

Veja abaixo as alíquotas e os prazos descritos na imagem acima:

  • 22,5%, em aplicações com prazo de até 180 dias;
  • 20%, em aplicações com prazo de 181 dias até 360 dias;
  • 17,5%, em aplicações com prazo de 361 dias até 720 dias;
  • 15%, em aplicações com prazo acima de 720 dias.

Ou seja, quanto maior o tempo que manter seu investimento menor será o Imposto de Renda que terá de pagar.

Veja no site oficial.

Veja um vídeo institucional do Itaú sobre as taxas e os impostos:

Conclusão sobre a Melhor Corretora para Tesouro Direto

>>> Aprenda a garantir seu futuro com os Títulos Públicos em vídeo aulas <<<

Cabe ao investidor escolher a melhor corretora para Tesouro Direto segundo os critérios definidos nesse artigo que pode lhe auxiliar a escolher aquela que se enquadra melhor nas suas necessidades.

A lista das 10 mais usadas está ai, também, se quiser escolher uma delas estará bem servido pois são excelentes opções e atendem ao seu propósito: Trazer lucros para o investidor e facilidade na hora do investimento.

Espero que consiga escolher a melhor corretora e investir em títulos públicos de maneira prática e segura.

Também é recomendado aprimorar seus conhecimentos para que aumente seus lucros nesse tipo de investimento.

Para isso eu indico o Curso Tesouro Direto Descomplicado.

Acesse >>> www.tesourodiretodescomplicado.com.br <<< E aprenda as melhores técnicas para escolher a melhor corretora e investir seu dinheiro no Tesouro Direto maximizando o rendimento e minimizando as perdas com taxas e impostos.

Tesouro Direto Descomplicado

11 Comentários para "Melhor Corretora para Tesouro Direto: Como escolher a melhor"

  1. Pingback: Corretora Tesouro Direto Taxa Zero (0%) | Veja aqui todas as corretoras

  2. Pingback: Tesouro Direto Prefixado (LTN) → Títulos públicos, taxas e perfil de investidor

  3. Pingback: Tabela IR Tesouro Direto → Quanto pagará de Imposto de Renda

  4. Pingback: Tesouro Direto Bradesco Corretora | CLIQUE AQUI

  5. Pingback: Easynvest Tesouro Direto → É seguro e confiável? É boa?

  6. Pingback: Easynvest Simulador Tesouro Direto → VEJA AQUI

  7. Pingback: Consulta Tesouro Direto → Veja o valor dos títulos públicos hoje

  8. Pingback: Tesouro Direto Site Oficial | VEJA AQUI DICAS SOBRE O SITE

  9. Pingback: IOF Tesouro Direto → Imposto sobre Operações Financeiras

  10. Pingback: Easynvest Reclame Aqui → Analise as reclamações antes de investir

  11. Pingback: Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais – NTN‐B | VEJA AQUI

Deixe uma resposta